Convenientemente inconveniente.

Acho engraçado presenciar pessoas inconvenientes sendo inconvenientes.
Claro, só acho graça hoje, macaco velho.

Vocês sabem quem são essas pessoas…
São aquelas que chegam pra uma criança e pergunta: “– Você gosta mais do papai ou da mamãe?”
E a criança fica lá, com cara de otária por que um absurdo desses nunca lhe passou pela cabeça, “como assim mais de um ou de outro?”

Ai, que vontade de dar uma porrada.
=P

Tem as inconvenientes sutís, aquelas que te lançam uma pergunta aparentemente inocente, mas vc só percebe a teia de aranha que caíu quando está no meio da frase…
“- Mas você não gostou da companhia ou do passeio?”

Triste…

As vezes me perguntam de onde eu venho, quando flagram uma escorrergada do meu “erre” paulista.
Quando digo que sou de São Paulo, alguns me perguntam a quanto tempo vivo em BH ou o motivo que me mudei pra cá, os inconvenientes rapidamente soltam um: “- De onde você gosta mais, São Paulo ou Belo Horizonte?”
Aí fico lá, com cara de otário explicando que ambas as cidades possuem qualidades e defeitos, e que tendo nascido e criado lá mas morando aqui já por algum tempo, fica MUITO difícil dizer se uma é melhor que outra.
¬¬

…acho que vou adotar a tática do murrão.
😉

Anúncios

4 Respostas to “Convenientemente inconveniente.”

  1. Essas perguntas parecem coisa de publicidade ou propaganda. Colocam uma frase que deixa você sem liberdade para pensar numa alternativa. Uma vez li sobre uma técnica de sedução que se baseava nesse princípio. Ao invés de perguntar para a garota bonita que você está paquerando se ela quer dançar com você, pergunte: “Você quer dançar agora ou quer esperar mais um pouco?”

    Eu sugiro adotar a paciência e a reflexão antes de qualquer ação. Se alguém me pergunta algo, eu procuro pensar na pergunta antes de pensar na resposta. Com muito treino, dá para fazer isso rápido.

  2. Você chama ISSO de inconveniência?!
    Inconveniente mesmo é o sujeito que diz “Ah, mas você ganha o suficiente pra comprar isso”, “Como você tá gordo (e, ou) velho!”, “Sabe o que falaram de você ontem quando saiu?”, “Tá ficando rico, hein!”. Não dá vontade de dar um murro, dá vontade de bater com um par de patins de gelo.

  3. >:- ( uma vez eu tava com meu irmão, a menina (amiga dele) olhou rápido pros dois e disse: Dyogo é mais bonito. O Serennus me segura demais, por que as palavras ‘voce’ e ‘puta’ estavam próximas a formar uma frase, aqui na minha boca. Bom é os que perguntam porque ainda não te4nho carro, ou porque não me casei, dentre outras chatices. Livre-se delas concordando com o que quiserem, sorria sempre, isso funciona. Claro que tudo muda se houver um 38 carregado no bolso.

  4. Rssss
    vc é engraçado mesmo bravinho.
    XD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: