mais um passo

Vou sair de casa.
Só mais um pequeno passo em minha pequena vida.

Nada de mais, apenas sinto que posso me dar ao luxo de viver sozinho-comigo-mesmo.
Na verdade, a hora já passou, mas pra mim é agora, por que é assim mesmo que deveria ser.
Nem antes, nem depois. Agora.

Meus pais assustaram, perguntaram sobre o custo financeiro, é claro. Não tenho certeza se estão convencidos, mas não existe nada que podem fazer. Na verdade ‘houve’, me ofereceram um ‘barraco’ para que eu não pague aluguel. Custo financeiro, é com o que se preocupam. Sempre.

A mudança na vida será grande. Ainda que o ‘barraco’ fique no bairro vizinho, 4 ou 5 km de distância. Mas a vida sentirá essa distância.
Sentirá como alguém sente aquilo que espera a muito tempo, desde antes do tempo que deveria realmente esperar.

Não é a mudança definitiva, ou a resposta para a vida, o universo e tudo mais.
É só mais um passo.

Muitos são os que estão ao meu lado, em especial, um casal que por muito pouco não teria um ‘filho barbudo’ em casa. Empurraram os vinhos pra um lado, as idéias malucas para outro, e estavam prontos pra receber este que vos escreve, mas seguindo a oportunidade e uma pontinha de instinto, resolveu abrir mão da companhia dos amigos para trilhar meu rumo sozinho.

Ainda que sozinho não seja a palavra exata, mas apenas uma das palavras que definem a situação.

Não sei quando a mudança física ocorrerá, acredito que em breve. Mas a psicológica já começou.
A anciedade trilha seu caminho entre a esperança e fiapos de medo.
Nada será como antes, mas não é assim que deve ser?

Anúncios

3 Respostas to “mais um passo”

  1. :- | poxa, amigo leo, esse foi um dos textos mais sérios que já li aqui. Espero que esteja tudo bem na sua casa nova,e quero ver fotos da casinha. 🙂

  2. O Barraco ainda está sendo desocupado. Assim q tiver a chance de fotografa-lo, posto as imagens aqui.

    O texto é sério só na medida da necessidade, amigo Serennus.
    ^^

  3. Ah, que Tosco sentimental é você! Hahahahahahahahaha
    Bem que eu desconfiava que você fosse assim…
    Meu caríssimo e amado amigo, você não estará sozinho e sempre terá o apoio de todos os seus amigos. Fisicamente, você terá que arrumar a bagunça do seu Barraco (não poderia haver melhor nome pra sua nova casa!) depois que a turma toda sair, ou agradecer ter uma namorada Monk.
    Beijocas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: