Arquivo para novembro, 2011

violão…

Posted in idéias descabidas on novembro 30, 2011 by Mr. T

As aulas continuam.
O grande plano vai sendo cumprido. Continuo na empreitada de aprender, sempre, uma habilidade nova.

Confesso que vez ou outra o ânimo cai, penso se não está bom o bastante, até quando terei que permanecer nas aulas até ficar bom o bastante…

Bom, ai eles aparecem e me lembram que vale a pena.
Afinal, o objetivo são eles.
É poder, por minha própria voz, tocar e  cantar isso para alguém.

Anúncios

Gargalos sinceros

Posted in idéias descabidas on novembro 24, 2011 by Mr. T

“Não sei exatamente como começar este texto”, é o que eu penso enquanto encaro a garrafa de vinho ao meu lado, já pela metade…

Bebendo sozinho enquanto visitava redes sociais, pensava sobre o ato de beber seu conteúdo do gargalo, sem o intermédio da taça…

Lembrei de todas as pessoas que compartilhei um vinho dessa maneira e o quão importante elas foram (e ainda são) pra mim.
Nesses momentos, sempre lembro das palavras da minha guru-enóloga, Gil Vesoli, sobre a experiência de compartilhar uma garrafa de vinho…

Bom, o fato é que nunca compartilhei uma garrafa no gargalo com alguém que não gostasse.
E hoje, olhando pra essa garrafa ao meu lado, penso que gosto da sinseridade em se beber um vinho no gargalo.
Sem taça estilosa, sem pudor ao servir, sem falsidade em se cheirar a rolha e adivinhar em qual tonel foi transportado o vinho ou se a colhedeira era canhota e preferia Beatles à Rollings Stones.

Bebendo no gargalo, é só você e a garrafa.
1 x 1

Sem escrúpulo, sem pudor.
Enologamente imoral, sinceramente prazeroso.

Quando compartilho de algo assim, sei que compartilho muito mais que uma garrafa de vinho, compartilho um pouco do que eu sou: a simplicidade em se beber um vinho no gargalo.

Proibido pela censura
O decoro e a moral
Liberado e praticado
Pelo gosto geral

Trila sonora para o post:

desisto…

Posted in idéias descabidas on novembro 4, 2011 by Mr. T

…por hoje.

Depois do quarto texto parado na metade, sinto que preciso esvaziar a mente um pouco.
Quatro textos diferentes, variações do mesmo tema, texto para um só leitor.

Tento voltar em breve.