ir para onde?

Evoluimos.

Digo, nascemos, aprendemos nossos primeiros passos, nossas primeiras palavras.
Aprendemos a pegar no giz de cera, começamos a rabiscar e logo a escrever algumas sílabas tortas.
A partir disso, BOOM.

Não paramos nunca.
Nossa mente se transforma num poço sem fundo, um buraco negro de tudo o que passamos no nosso dia a dia.

O começo são aprendizados de caráter mais físico mesmo, andar, correr, pedalar, cair.
Mas também já começamos a ter o aprendizado científico, com nossas tabuadas complexas e psicológico, normalmente amparado pelas relações humanas, nossos amiguinhos de escola, nossa professoa, a Tia, como chamávamos na época.

Nunca paramos.
Sempre, todo dia, aprendemos algo novo.
É claro que algumas coisas nos trazem um aprendizado mais direto, objetivo.
Outras coisas, são mais sutis. São aprendizados que iremos utilizar em algum momento em nossa vida, só não sabemos como. Tipo assim, geometria euclideana, sabe?

Mas as vezes me pergunto, quem me dá a certeza que vou utilizar isso tudo que estou aprendendo?
Eu preciso viver mais, preciso me arriscar mais, me fazer vivenciar situações que todo esse aprendizado de algumas décadas de vida me trouxeram, e o pior, continuam trazendo, pois a cada ano, sinto que o volume de coisas a serem aprendidas só aumentou.

A cada ano, sinto que sei menos do que achava que sabia, que existe MUITO mais coisas a serem aprendidas, e eu ainda me sinto como uma criança, com um cérebro esponja, querendo absorver tudo o que está ao meu alcance.

É lógico que é mais provável que esse suposto conhecimento acumulado por mim simplesmente desapareça quando eu finalizar minha presença nesse mundo. Mas tenho um certo conforto em saber que posso vir aqui e escrever umas palavras tortas, posso encontrar cara a cara com um amigo puxar sua orelha dando uma bronca e depois dar um abraço.

Por que afinal, tudo termina bem, no fim. =)

Anúncios

2 Respostas to “ir para onde?”

  1. todo texto teu tem o poder me emocionar….
    Eu to num momento tao ADULTO que as vezes o que eu mais quero e desaprender e simplismente ser boba…
    eh isso que eu quero de agora em diante ser a pessoa mais boba e de coracao grande que nunca desiste de sonhar e amar desse mundo.
    (exagerei) rs

  2. Exagerou não.
    Ser bobo é bom, é sincero. =)
    Boa sorte na sua jornada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: