Archive for the momentos inoportunos Category

E aí, tá na hora?

Posted in momentos inoportunos with tags on março 15, 2009 by Mr. T

“Não sei como será a Terceira Guerra Mundial, mas a Quarta será com paus e pedras.”
Albert Einsten  

“Chávez ordena tomada de portos e aeroportos comandados pela oposição.”
Folha Online

“Japão ameaça derrubar foguete com satélite da Coreia do Norte.” 
Folha Online 

Depois dessa notícia sobre Japão e Coreia do Norte e a de hoje sobre a ocupação militar dos aeroportos da Venezuela, me veio a cabeça, “e aí? finalmente meia dúzia de filmes dos anos 80 terão a previsão do holocausto nuclear concretizada?

Não sou historiador no assunto, mas sei que a muito tempo tem, pelo menos, uma guerra em andamento.
Claro, ninguém liga muito por que sabe-se que as grandes nações ficam de fora, afinal, o comércio internacional está em jogo.
Boicote de petróleo é algo sério, e ninguém tá muito afim de pô-lo em risco.

E agora com a tal crise mundial? Ninguém tem lá muito o que perder.
 Estamos fadados a assistir países com ressentimentos históricos e líderes loucos se bombardearem até que não sobre muita coisa?
EUA, a locomotiva da economia mundial, irá mesmo afundar levando o resto do mundo? Ou alguém terá uma idéia genial (ou óbvia, dependendo do ponto de vista) e mostrará o caminho dizendo: “Ei, tem jeito. Não precisamos depender assim dos yankes.“?

O que eu penso?
Penso que é uma boa hora pro mundo acabar.
Deve ter por aí alguma profecia de Nostradamus dizendo que um ruivo comedor  de pizza, que vive na cidade das montanhas disse para seus três leitores: “O último que sair, apague a luz.”

O que penso? O que falo? O que eu faço!

Posted in drops, momentos inoportunos on janeiro 29, 2009 by Mr. T

Quando vão entender?

Não sou aquilo  que falo, sou o que faço.
Assim como sou o que penso.

Todos somos.

Não confie no que ouve, todos mentimos.
Somos humanos, está em nosso código genético.

Aprenda a ouvir, aprenda a enxergar.
Muitas vezes as respostas estão em nossa frente, e não enxergamos, só olhamos.

Convenientemente inconveniente.

Posted in drops, momentos inoportunos with tags on janeiro 20, 2009 by Mr. T

Acho engraçado presenciar pessoas inconvenientes sendo inconvenientes.
Claro, só acho graça hoje, macaco velho.

Vocês sabem quem são essas pessoas…
São aquelas que chegam pra uma criança e pergunta: “– Você gosta mais do papai ou da mamãe?”
E a criança fica lá, com cara de otária por que um absurdo desses nunca lhe passou pela cabeça, “como assim mais de um ou de outro?”

Ai, que vontade de dar uma porrada.
=P

Tem as inconvenientes sutís, aquelas que te lançam uma pergunta aparentemente inocente, mas vc só percebe a teia de aranha que caíu quando está no meio da frase…
“- Mas você não gostou da companhia ou do passeio?”

Triste…

As vezes me perguntam de onde eu venho, quando flagram uma escorrergada do meu “erre” paulista.
Quando digo que sou de São Paulo, alguns me perguntam a quanto tempo vivo em BH ou o motivo que me mudei pra cá, os inconvenientes rapidamente soltam um: “- De onde você gosta mais, São Paulo ou Belo Horizonte?”
Aí fico lá, com cara de otário explicando que ambas as cidades possuem qualidades e defeitos, e que tendo nascido e criado lá mas morando aqui já por algum tempo, fica MUITO difícil dizer se uma é melhor que outra.
¬¬

…acho que vou adotar a tática do murrão.
😉

drops

Posted in momentos inoportunos with tags on outubro 15, 2008 by Mr. T

Morro de preguiça quando alguém vai falar sobre a Língua Portuguesa e começa com um “A nossa língua é linda…“.

Isso é lá argumento?